terça-feira, março 15, 2011

Moda Consciente: dicas para consumir melhor!

Hoje é o dia mundial do consumidor, e daí vale mencionar que eu não tenho nada contra o consumo, aliás eu confesso que sou consumidora em potencial do que é necessário e requintado….rs….afinal quem não gosta de moda e uma tarde em um shopping Center que jogue a primeira pedra…Mas o dia de hoje é marcado para conscientizar as pessoas para um consumo digamos assim mais ecologicamente correto…..Li um artigo nesta manhã que achei fantástico….e que direciona os consumistas de plantão para uma atitude simples e caprichada sem abrir mão da consciência socioambiental….vamos as dicas?!?

Dê preferência a tecidos e materiais menos agressivos, como algodão orgânico, fibra de bambu, tecidos de PET, juta ou linho;

• Ser de tempo, antes da euforia da compra….rs….Questione o vendedor sobre a origem daquele produto, como ele foi confeccionado e transportado até a loja, de que é feito e quem o produziu;

• E se possível dê preferência à lojas que façam trabalhos sociais, como reverter parte da renda para instituições de caridade;

• Fuja do modismo e aposte em peças coringa e de qualidade, que irão servir por muito tempo; Se bem que estará perdoado (a) se não resistir aquele look altamente estiloso…..hahahaha

• Compre roupas do tamanho certo e evite peças que precisem ser ajustadas ou que irão te servir apenas quando você emagrecer ou depois de alargar;

• Não compre apenas porque está em promoção, porque é a última peça ou porque a vendedora falou que caiu divinamente em você; Mas é perdoável se estiver ao seu alcance….

• Não compre sem experimentar e tenha muita atenção com compras pela internet;

• Fuja dos shoppings durante a TPM ou momento de tristeza, lá não é o lugar de afogar as mágoas….adorei isso! risos

• Procure roupas vintage e exclusivas em brechós.

Siga as instruções de uso da etiqueta e prolongue a vida de sua peça;

• Junte uma quantidade grande roupas sujas e lave tudo de vez, de preferência em água fria;

• Materiais como jeans são mais resistentes e não precisam ser lavados a cada uso. Faça-o apenas quando for realmente necessário;

• Deixe suas roupas secarem naturalmente;

• Na hora de passar, comece com os tecidos mais finos enquanto o ferro esquenta. Quando já estiver quente, passe as roupas mais grossas. Quando terminar com essas, desligue o ferro e passe o que sobrou dos tecidos delicados enquanto o ferro esfria;

• Procure guardar sapatos em caixas ou sacos de pano para evitar que danifiquem e prolongue sua vida útil;

• Roupas de tecidos delicados devem ser penduradas no cabide e cobertos com capas

Tenha sempre por perto o telefone de uma boa costureira. Quando enjoar da roupa, peça para ela tingir ou transformá-la em algo novo. E se for preciso, solicite um aperto na cintura, ajuste na bainha e o que mais for necessário;

• Organize seu armário, retire tudo que você já não usa e doe para uma instituição de caridade;

• Se comprometa a doar uma peça para cada roupa nova que comprar, assim você evitar acumular coisas que não usa e terá apenas a quantidade suficiente de roupas no seu armário.

E lembre-se, um guarda-roupa abarrotado de peças está longe de ser tendência. “A atitude denota muito dinheiro, mas pouco estilo”, assinou a lendária Coco Chanel.

delirios-de-consumo01-300x199

Fonte: Closetonline.com.br / Por: Carla Palmieri

1 comentários:

Vida Vegana disse...

Lembrando que o couro é super poluidor, por causa do curtume e dos componentes tóxicos, e ainda explora animais.
Prefira os 'sintéticos', hoje encontrado em muito melhor qualidade até que o couro e muitas vezes feito de materiais naturais como algodão e materiais reciclados.

 
Copyright 2009 Ludi Vaz Personal Stylist. Powered by Blogger Blogger Templates create by Deluxe Templates. WP by Masterplan